Menopausa

A menopausa é caracterizada pela interrupção da produção de hormônios e pode ser uma passagem delicada na vida da mulher. Ela é a data que marca a última menstruação, em média entre 48 e 51 anos de idade, devido ao envelhecimento dos ovários, que param de produzir os hormônios sexuais.

O climatério é a fase de transição em que a mulher passa do período reprodutivo para o de pós-menopausa. Dessa forma, a menopausa é um fato que ocorre durante o climatério.
No climatério há uma diminuição das funções ovarianas, tornando os ciclos menstruais irregulares, até cessarem por completo. A alteração é gradual, portanto deve-se completar um ano sem menstruar para ser considerada a menopausa.

A parada na produção provoca uma série de reações físicas, já que os sistemas do organismo começam a se adaptar a essa nova condição. Algumas mulheres sentem poucos sintomas, enquanto outras sentem em grau intermediário. Existem, ainda, pacientes que apresentam um nível mais elevado da menopausa, como sudorese, calor excessivo principalmente à noite, que reflete na qualidade do sono, irritabilidade, além de secura de pele e vaginal. O médico endocrinologista é capaz de examinar a paciente e determinar a melhor forma de tratamento.